terça-feira, 8 de setembro de 2015

Ira: dias de luta...cadê os dias de glória?

Verdade que ninguém é perfeito. Mais verdade ainda que a gente perde a paciência com pessoas, situações e coisas. Até com os pets tem hora que "o bicho pega" (minha gata de 16 anos resolveu fazer cocô e xixi em qq lugar da casa...aff).
Se acreditasse em inferno astral acho que poderia estar nele. Mas as pessoas é que estão cada vez mais idiotas mesmo.
A gente  chega no caixa de qualquer lugar, dá bom dia, boa noite, whatever e a criatura nem o-l-h-a na nossa cara. Meu cumprimento fez até eco. Cobrador de ônibus idem. Nunca dê dinheiro inteiro porque hj em dia você pode levar um tiro. Na farmácia é capaz de vc precisar de um remédio a mais pra curar o mal estar pela falta de educação do balconista. E por aí vai.
No meu caso não é culpa de ninguém.  Estes são só exemplos do que pode dar um start na minha ira. Porque ela faz parte do meu ser. "A ira constituinte do sujeito", vai ser o nome do meu livro de abordagem psicanalítica. Minha analista que o diga. Deve ter ido pro banheiro chorar depois da sessão de hj. Punk. Brabo. Uó.
Não é à toa que é um dos sete pecados capitais, porque estes são coisas que se apoderam do ser e  pra largar só muita disciplina e terapia, além de umá dose de exorcismo. Depois de 10 anos de análise confesso que melhorei do estado constante. Da frequência dos ímpetos tb. Mas eles estão ali. Prontos pra dar o ar da graça. Porque análise não apaga quem a gente é. Ela ensina a gente a domar os monstros e se tornar suportável pra gente mesmo. Quem convive sai no lucro.
O fato é que não está fácil pra ninguém. Hoje está especialmente insuportável. Ira rasgando o peito. Mas fiz o casamento perfeito pra um dia assim: análise e salão. Um bom café. O dia ajudou e não meteu o sol na minha cara.
E quem nunca ficou irado não atire a primeira pedra porque vai levar de volta a segunda e a terceira. O que consola é o lema do AA: "Só por hoje".
Enfim...dias de luta. Tô esperando os dias de glória.

5 comentários:

Lúcia Soares disse...

Quando conseguimos controlar a ira (conseguimos?), só lucramos. É um exercício diário e constante, não tem jeito.
Tem dia que só de colocar os pés fora da cama, "o bicho pega", né?
Tudo na vida é um exercício diário.
E que se exploda o mundo, quando não conseguimos nos segurar!
Beijo, Crica.

Crica Viegas disse...

Hoje o bicho tá pegando kkkkk

sandranjos disse...

Estou hipermegaorhulhosa de você, Cris. Adorei o blog. É isso aí! Escrever profissionalmente...

Crica Viegas disse...

Gradicida, Sandrinha!

ECR ENGLISH SCHOOL disse...

Pois é. Assim mesmo.