segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Noticias do Climastérico
















Quem embarcou, embarcou. Quem não, ficaí e vai perder a viági.

Hoje é segunda, não sou Moisés, mas estou em pleno mar vermelho. Pela segunda vez em 25 dias. Haja humor e absorvente noturno.
Minha secretária fashion Sueli, que ainda vou roubar uma foto e postar aqui (cheia de poema), me apresentou o tapete power super para pipi do meu dog. Vou me apropriar porque não tá fácil. Aquele quadrado 1x1 me serve perfeitamente. Emendo quatro num patchwork e forro a cama. Aí de repente paro de amanhecer me sentindo a morta da série C.S.I. Icaraí, com sangue por todozoslado. Cruz credo.
Além do cenário de filme tem o enjôo. A dor de cabeça. A fraqueza. A vontade de matar. Bom, essa é de nascença. Porque vamo combinar, gente. A vontade de matar nasce junto com a mulher. E a gente vai aprimorando o sentimento quando casa e tem filho. No meu caso, tem filho e casa. Mas isso é outra história.
Esse climatério que resolveu chegar sem ser convidado tá me dando nos nervos. Saco. Logo eu, tão meiga e singela, uma pessoa calma, que sempre fez o dever de casa e decorou a tabuada, por quê???? Tenho uma lista mental dazinimigas que poderiam ter tido isso antes de mim. Mas se Deus quiser, na vez delas será pior. Vão encontrar com Faraó e sua trupe no mar vermelho.
Semana começando. Pelo menos estou sozinha em casa. Eu e Kassel, que cismou que é uma pessoa e agora só quer dormir com a cabeça na almofada fazendo de travesseiro. Loucuras do hospício Viegas.
O que me resta hoje? Nem na análise pude ir, tive que remarcar, então vi. Aqui encher o saco de vcs. Não ficarei entediada sozinha, quero companhia.
Bom, como se eu não tivesse todos os semi raios (semináriossss, corretor maldito) de Lacan e a coleção completa de Freud pra ler. Mas ler assim não vai ser fácil. Acho que vou ficar aqui, exatamente no sofá que dá pras varandas vizinhas, vou vigiar a vida alheia hj. Pelo menos vai render uns posts.
É isso.
Tempo no climastérico: parcialmente nublado, sujeito a pancadas em quem se meter a besta.
Fui!

Nenhum comentário: