segunda-feira, 25 de julho de 2011

DIA DO ESCRITOR - UMA SINGELA HOMENAGEM

Não sou escritora no sentido literário da palavra. Mas escrevo umas linhas, tenho contos e poesis que penso em publicar um dia, quem sabe.
Mas tenho uns poucos amigos escritores e mais ou menos acompanho o trabalho de parto que muitas vezes é não o escrever, porque o escritor é uma criatura inspirada e as palavras são suas donas, mas o fazer conhecidos seus textos, ainda mais num país que não tem o amor pela leitura.
Admiro quem faz seu sonho da publicação acontecer, e sei que o conceito de sucesso muda de pessoa pra pessoa...pra alguns escritores, sucesso é ser um Paulo Coelho, pra outros, sucesso é se emocionar ao ler seu próprio texto recém-escrito. Eu acho que ainda tô no segundo time rs
Quero deixar aqui minha homenagem particularmente à Mila e à Glorinha que são pessoas queridas e que estão na batalha pelos seus respectivos livros. Lembro também da Isa que é uma escritora de mão cheia, e sempre nos leva por tantos caminhos...rs
Tantas outras pessoas conheci aqui na blogosfera que são talentosíssimas com as palavras, me perdoem por não citar todas. Quero apenas deixar registrado meu agradecimentos por pessoas como essas que deixam o universo mais cheio de estrelas e que também são como um farol que guiam os espíritos letrados para que suas idéias naveguem lindamente com a correnteza das palavras belas.

3 comentários:

Glorinha L de Lion disse...

Que bonito isso que escreveu, Crica! Só mesmo quem está na batalha ou a vê de perto, sabe como é dura e difícil. Gosto de pensar que mesmo tendo tantas dificuldades para publicar, ainda assim, os textos e poemas que escrevemos na blogosfera iluminam caminhos, falam por quem não pode e leva um pouco de luz e reflexão a almas tristes. Faróis na escuridão do mundo, os escritores têm esse papel....obrigada, beijos,

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

é mágico ser escritor, pena que o caminho é tão tortuoso (ainda mais em épocas q se faz talento, fama e $$$ com a bunda em vez da mente). mas que maravilha o mundo dos escritores!

linda homenagem para 3 mulheres especiais!

bom dia Crica

Mila Viegas disse...

Ai, fiquei emocionada! É realmente muito difícil, requer também muita coragem, pois na medida em que compartilhamos nossos escritos estamos sujeitos à muitas reações. O caminho é longo e árduo, mas quando se é apaixonado por aquilo que se faz o enfrentamos com dignidade. O bom é que escritor, durante esse percurso cheiro de adversidades, ainda é capaz de ver (e escrever) a poética da vida e se inspirar com os obstáculos.

Beijos