segunda-feira, 25 de julho de 2011

DIA DO ESCRITOR - UMA SINGELA HOMENAGEM

Não sou escritora no sentido literário da palavra. Mas escrevo umas linhas, tenho contos e poesis que penso em publicar um dia, quem sabe.
Mas tenho uns poucos amigos escritores e mais ou menos acompanho o trabalho de parto que muitas vezes é não o escrever, porque o escritor é uma criatura inspirada e as palavras são suas donas, mas o fazer conhecidos seus textos, ainda mais num país que não tem o amor pela leitura.
Admiro quem faz seu sonho da publicação acontecer, e sei que o conceito de sucesso muda de pessoa pra pessoa...pra alguns escritores, sucesso é ser um Paulo Coelho, pra outros, sucesso é se emocionar ao ler seu próprio texto recém-escrito. Eu acho que ainda tô no segundo time rs
Quero deixar aqui minha homenagem particularmente à Mila e à Glorinha que são pessoas queridas e que estão na batalha pelos seus respectivos livros. Lembro também da Isa que é uma escritora de mão cheia, e sempre nos leva por tantos caminhos...rs
Tantas outras pessoas conheci aqui na blogosfera que são talentosíssimas com as palavras, me perdoem por não citar todas. Quero apenas deixar registrado meu agradecimentos por pessoas como essas que deixam o universo mais cheio de estrelas e que também são como um farol que guiam os espíritos letrados para que suas idéias naveguem lindamente com a correnteza das palavras belas.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

TOCANDO EM FRENTE




Ando devagar porque já tive pressa,
E levo esse sorriso, porque já chorei demais,
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe,
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei, ou
Nada sei, conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs.
É preciso amor pra puder pulsar, é preciso paz
Pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir.
Penso que cumprir a vida, seja simplesmente
Compreender a marcha, ir tocando em frente,
Como um velho boiadeiro, levando a boiada
Eu vou tocando os dias pela longa estrada, eu vou,
Estrada eu sou, conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maças,
É preciso amor pra puder pussar, é preciso paz
Pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia, todo mundo chora,
Um dia a gente chega, no outro vai embora,
Cada um de nos compõe a sua história, cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz, e ser feliz,
Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maças,
É preciso amor pra poder passar, é preciso paz
Pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir
Ando devagar porque já tive pressa,
E levo esse sorriso, porque já chorei de mais,
Cada um de nos compõe a sua história, cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz, e ser feliz

sábado, 9 de abril de 2011

SONHO REALIZADO

Sempre fui uma pessoa intelectualmente curiosa.
Comecei a faculdade em 89 e saí em 94 com gosto de quero mais, mas filhos e casamento me tomaram por completo.
Sempre senti essa falta, essa lacuna, mas como mecanismo de defesa mesmo parei de sofrer por uma coisa que não podia realizar naquele momento, pois foi muito frustrante na época. Mas fazemos nossas escolhas e temos que arcar com elas, e é isso aí. A culpa não é da mãe que não deu carinho, do pai que não deu atenção, do Universo, o que seja. Fazemos nossas escolhas e isso dirige a nossa vida.
Mas, eis que a oportunidade surgiu 21 anos depois e cá estou eu: Passei no Mestrado em administração pela Universidade federal Fluminense !!!!
Estou muito feliz por ter conseguido realizar esse sonho!
Por isso andei sumida, e devo sumir de vez em quando, pois vai ser pauleira! Mas vou adorar!
É isso. 
PAssei aqui pra dar essa notícia maravilhosa pra vcs!
Inté!



Fui!

domingo, 30 de janeiro de 2011

UMA PEQUENA REFLEXÃO

O mundo muda
As pessoas mudam
Os móveis mudam de lugar
As estradas nunca são as mesmas
Quando se vai, não se volta pelo mesmo caminho...
Então pra que reclamar?
A gente também muda o tempo todo

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

HOJE É MEU ANIVERSÁRIO

Tá todo mundo convidado pra vir aqui comer um pedacim de bolo virtual...rsrs
Tô aqui fazendo faxina, pode???
Aniversário de pobre é assim...kkkkkkkkkkkkkkkkk
Mas tudo bemmmmmmmmmm...ou não...rsrsrsr
O mais importante é que tô aqui bem, com minha família, com saúde....

MAS EU QUERO PPRESENTEEEEEEEEEEEEEEE
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK


Deixa eu acabar a faxina  rsrsrs

Fui!!!!!!

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

UM ADEUS À TIA MARILU

Ela era linda. Desde pequena.

Loira, de olhos bem verdes e clarinhos como o mar em dia ensolarado. Quieta, classuda. Uma elegância nata.

A pobreza da infância nunca a impediu de ser maravilhosa. Parecia um anjo de tão clarinha. Irmã do meu pai, era uma pessoa quieta. Nunca a vi perder a paciência.

Teve uma única filha e um único netinho. Um único marido, bem mais velho, qua  a amava profundamente.

E não sei muito mais que isso. Ela era reservadíssima. Não se deixava mostrar, acredito que só os muito íntimos tiveram essa experiência.

Hoje abri meu orkut. Olha que abro todos os dias, mas fiquei dois dias sem abrir e foi justamente quando minha prima me deixou o recado, há dois dias atrás. Levei um susto.

Não posso contar à minha mãe por causa da hora, ela é hipertensa. Meu irmão chegou de Manus com a família e uma das coisas que ele me disse era que ele queria ir ver tia Marilu.

Estou aqui  passada, precisava falar pra alguém, meu marido tá dormindo. Aí resolvi postar pra ver alivia essa sensação péssima de não ter dito adeus.

Mas estou dizendo aqui. É só o que posso fazer agora.


Adeus, tia. Fique com Deus.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

MINUTOS PRECIOSOS

Minha casa tá cheia. De gente.
Férias, filharada à toa. Filho mais velho convalescendo de uma cirurgia. Help.
Meu irmão chegou de Manaus com mais dois sobrinhos. Help ao quadrado.
Mãe mora comigo. No comments...rssrsrs
Duas gatas. Nãopodia ser só umazinha?
Uma cã...rs...parece uma porca disfarçada, isso sim.
Um quase ex-marido
Hahahaahahahahaahah

Esse é o meu cenário atual. E a TPM não quis saber, veio mesmo assim, não teve pena de mim...rs
E agora eu que não tenho pena de ninguém, quero matar a todos rsrssrsrsrss

Mas aí Deus é pai e todo mundo resolveu dar uma voltinha e me deixou aqui, com o computador só pra mim, mesmo que seja por uma horinha. Amém.

Eu, Nenê, tenho que administrar minha grande família. Marido-Lineu-Popozão tá meio perdido no meio da multidão, só comprando comida sem parar. Acho que o povo olha pra ele e vê um frango assado

HAhahaahahahaah

Mas a gente releva. Família a gente não escolhe. A gente curte ou não. Eu curto. Pavio-curto Rsrssrsrssr

Fui!!!!!!