segunda-feira, 13 de setembro de 2010

DEIXANDO A ENERGIA FLUIR

Estou vivendo um período esquisito. Muita vontade de mudanças, como nunca antes.

Algumas coisas não dependem de nós pra mudar, mas o que depende de mim tenho corrido atrás do prejuízo. Acho que fazer 40 anos me deu uma crise, sei lá.

Como falei , fiz uma prova no domingo. Foi um processo seletivo pra uma pós gratuita na UFF em Administração Pública. Sempre gostei desse assunto, trabalhei ano passado em uma prefeitura (onde conheci minha bebê), e sempre gostei de estudar. Tinha meio que sublimado isso, mas a vontade está lá...sempre latente.

Esse ano foi o pior da minha vida no transtorno do pânico. Só fiquei com algo parecido em 2006, quando meu pai morreu. Mas tô lutando ferozmente.

Tô fazendo terapia again, coisa que eu adoro rs , gosto mesmo. Alguém além de nós mesmos precisa ver nossos monstros pra a gente saber que não está louco sozinho.

Diminuí um pouco meu trabalho na igreja, que tava me sobrecarregando muito. Isso sinceramente eu não fiquei feliz em fazer, mas a minha "piora" me fez desacelerar em algumas coisas.

O tratamento tá indo bem, tô melhorando, mas engordando por conta de tanto remédio. Tô bem chateada com isso. E já vou começar minhas atividades físicas que eu odeio, mas é matar ou morrer agora.

Fim de semana foi de backup no computador e limpeza geral de arquivos. Tô aqui postando e o computador só tá com o essencial, nem som ainda instalado de novo tem.

Fim de semana foi de limpeza geral em livros de colégio de filho. Limpei todos os armários e estantes e doei um bocado de coisas. O varredor da minha rua vem amanhã pegar o restante dos livros pros seus netos. Que bom. Conhecimento é feito pra ser doado e dividido.

Hoje resolvi atacar meu guarda-roupa. Metade foi embora. Metade mesmo, não é força de expressão. Não quero guardar mais nada por ansiedade ou por achar que ainda vou usar. Vou usar nada...no fundo eu sei, e resolvi deixar a energia circular por aqui.

Minha mãe tá assustada, meu marido tá achando que vou jogar ele fora também (rs), já que dei 3 gatos e 2 cachorros porque não aguentava mais tanto trabalho. Não teho empregada, um quintal de 400 metros quadrados e tenho bebê. Já dá pra imaginar quem ia embora e quem ia ficar. Agora só tenho uma cã (rs) e duas gatas, Britney e Madona. Podem rir. Eu mesma que escolhi o nome, e olha que uma tem 9 e a outra tem 8 anos.

Cortei o cabelo como na foto lá em baixo, tosei. Só não pude ainda pintar. O que quero fazer vai esperar um pouco já que tenho que deixar o cabelo na cor natural pra não sacrificá-lo ainda mais. Lá pra janeiro, quem sabe.

Bom, é isso.

Vou esperar os homens daqui aprontarem o pc pra eu voltar nos blogs das queridas e queridos e poder comentar, função essa que travou aqui na máquina, por isso parece que sumi. Mas não. rs
Só no blog da Mila (será que é porque ela é minha parentaaa???) e no de uma amiga dos EUA eu consegui tecer comentários. Nos outros, no way. Espero que isso volte logo, pois odeeeio não poder falar do que leio pela blogosfera.

Beijos e beijos.

Fui!!!

8 comentários:

Teresa Cristina disse...

Oi Crica, a sua faxina começou, daqui a pouco tudo vai estar agradável, fresco...que bom vc ter dado espaço para a energia circular! No sábado eu tbm arrumei meu guarda-roupa, foi bom!Beijocas

Tati Pastorello disse...

Oi Crica, coisa boa fazer energia circular!
Olha, eu também estou tendo dificuldade para postar comentários. Estou até copiando o que escrevo, antes de enviar, para não perder o que escrevi, se der erro... E meu computador nem está sendo reinstalado... Acho que o problema, mais uma vez, é no blogger.
Beijos.

Isadora disse...

Crica, ia passar por aqui para saber como foi a prova, no domingo. Bom , parece que tudo correu bem.
Adoro dar essa renovada que você acabou de fazer em casa, no guarda-roupa. No final do ano estava de férias e fiz exatamente isso. Sem dor na consciência.
Um beijinho

Yoyo Pizy disse...

Oi Crica
Boa sorte na prova querida!
Bjo no core

Tati Vice disse...

Puxa, que coisa bacana! To adorando as mudanças!
So nao joga o blog fora, nem o marido, nem o bebe, essas coisas :0

Leci Irene disse...

Crica, menina! Viva a crise de mudanças!!!!!!!! Isto é bom. Muito bom! Vá em frente!

Lucia Cintra disse...

Eu tive minha crise nos 30. Desperdicei demais os meus anos 20 e no comeco dos 30, dei um basta.

Minha vida mudou completamente desde entao e eu ja penso/acredito que tudo depende so de mim. Tudo mesmo, mesmo quando algo que planejei nao aconteceu de acordo.

E quando isso acontece, ainda cabe a mim tomar uma decisao naquele momento.

Por isso digo que de uma certa forma, temos controle e somos responsaveis por todas as decisoes e acoes que tomamos ou deixamos de tomar nessa vida e com isso, colhemos os frutos ou encaramos as consequencias.

bjos

Nilce disse...

Oi, Crica

Precisamos sempre fazer essa "limpeza", faz parte da renovação, é um renascer para a vida.
Guardar coisas é, mesmo aceitando o novo, não querer se desfazer do antigo.
Mas, cuidado com o que joga fora. rsrs

Bjs no coração!

Nilce