quinta-feira, 20 de maio de 2010

QUANDO O SONHO DEMORA A ACONTECER

Eu tava pensando que todos temos sonhos que não realizamos, e isso faz parte da vida. Somos humanos e não conseguimos realizar tudo o que pretendemos, isso faz parte.
Mas os nossos sonhos são nossos e por isso damos tanta importânciaa eles. E têm coisas na vida que nunca realizaremos por mais que tenhamos vontade e presistência.

E quando isso acontece?
Era pra não ser?
Fomos impacientes?
Não lutamos como deveríamos ter lutado?

Porque muitas vezes quando expomos algo sobre sonhos que ainda não se realizaram é isso que escutamos, até das pessoas mais queridas e mais bem intencionadas.
Mas sei que mesmo com carinho e com a melhor das intenções que alguém possa ter ao tecer um comentário desses, no fundo a pessoa não sabe do que está falando, eu acho. Porque simplesmente o sonho não é dela. É meu.

E sonhar é algo prazeroso, mas que angustia na mesma proporção. Porque não temos a capacidade de adiantar um minuto sequer das nossas vidas, e por isso não sabemos que vai acontecer logo em seguida. Muitas vezes só nos resta esperar.

Muitas vezes, também, esperar é a atitude mais errada que devemos tomar. O não tomar decisão também é uma escolha que pode se desdobrar em algo que não nos trará algo bom mais à frente, mas como saber?

Tem sonhos que se realizam num piscar de olhos. Quando menos esperamos estamos com ele à nossa porta, embrulhado numa linda fita vermelha. A alegria é indescritível, mas no momento seguinte passamos a esperar um outro sonho e esse parece que quer nos por à prova e nos ensinar que tudo tem seu tempo, demorado tempo...

Não tô falando de uma vida conformista. Não. Mas têm vezes que precisamos abaixar a bola e deixar a vida tomar seu curso. Outra vezes é preciso transpor o muro à nossa frente com uma luta que brota nas entranhas, mas todo conflito reside na seguinte questão: quando é hora de parar ou quando é o momento certo de escalar o muro e finalmente ver o outro lado?

Não pretendo tecer respostas, porque não as tenho. Mas como o desejo é o que move a humanidade, como fazer o desejo calar? Quando dar ouvido a ele e prosseguir?

Parece fácil, mas de fácil não tem nada. De qualquer maneira, penso que toda experiência tem o intuito de nos amadurecer e nos preparar pro que vem a seguir. Seja na luta ou na espera de um relógio que insiste em ressoar na nossa cabeça seus ponteiros de segundos intermináveis.

2 comentários:

Lucia Cintra disse...

Eu acho que esperar as coisas acontecerem eh o maior erro que as pessoas fazem e a maior perda de tempo que existe.

Se voce tem um sonho e so fica sonhando e esperando ele acontecer, vai ficar so nisso: sonho. Temos que agir pra conseguir o que queremos, nada cai do ceu.

So quando agimos, mesmo com impecilhos da vida, se eh realmente algo que queremos, devemos contornar os obstaculos e continuarmos indo em frente.

Eu perdi muito tempo sonhando nos meus anos 20 e desejando as coisas sem mover um dedo. Nunca mais vou cometer esse erro tao grande! Hoje estou tao pertinho de chegar onde quero e tudo isso eh devido a eu ter decidido correr atras e agido!

Acho que sentimento melhor que esse entusiasmo de estar quase la, eh realmente experienciar os frutos do nosso esforco e eu nao vejo a hora de experimenta-lo como todo, pois algumas frutinhas ja amadureceram e ja as colhi!

bjos

Mila Viegas disse...

Uauuu... Veja bem, eu acordo, venho pra internet (pra variar.. rs) e dou de cara com um monte de posts inspiradores em diversos blogs que frequento!! Vocês estão com TPI (Transtorno de Pensamentos Inspiradores e tb pode ser Transtorno de Palavras Inspiradoras )? kkkkkkk

Brincadeiras a parte, sinto que cada vez mais muitas pessoas têm despertado para observar essas condições que nos são impostas e refletir sobre elas. O mais difícil é tomar a decisão!

Só nós sabemos (ou achamos que sabemos) o que é melhor pra nós. Existem muitos fatores atrelados a não realização de sonhos. Muitas dúvidas que farão coro para sempre em nossa mente... lançando "serás", "porques", "mas e se...". Enfim.

Penso que o sonho para ser realizado precisa ser grandioso. Pode parecer tolo para os outros, mas precisa ser grande para nós. Precisamos senti-lo pulsar em cada órgão do nosso corpo. Precisamos experimentar sensações físicas em relação a ele. Sonhar por sonhar não existe. Por isso, para descobrir se um sonho vale a pena, é preciso sentir com a alma.

Além disso, não existe sonho realizado que não nos force a abrir mão de coisas. O processo de realização do sonho nos impõe uma questão crucial: "Você está disposto a abrir mão de determinadas coisas para seguir em frente e realizar este sonho?". Se a resposta for "sim", nos enchemos de uma determinação e coragem inexplicáveis e não lamentamos por nada que deixamos para trás. Ao passo que, se temos dúvidas em relação a isso, o sonho fica em stand by aguardando o nosso desapego. Creio que seja por isso que, muitos sonhos não se realizam.

Quando alguém diz que "não era pra ser" ou "não estava na hora" eu entendo que ali, dentro do peito do sonhador, existem dúvidas, medos, bloqueios... os famosos "e se..", "será que devo", etc. Então, de certa forma, quem fala que a hora não é chegada para a realização de algo, não está sendo incoerente. A hora só acontece e o sonho só se realiza quando exterminamos todas as dúvidas a respeito dele dentro da gente.


ihhh... escrevi pra cacilda.. rs

beijos